Secretário de Lippi vai à Câmara explicar problemas relacionados ao lixo em Sorocaba

Quarta-feira, 17 de Março de 2010 - Última alteração em 17/03/2010 às 00:00
fonte:  Folha Metalúrgica
Foguinho
Vereador Izídio de Brito (PT) defende remuneração de catadores
Vereador Izídio de Brito (PT) defende remuneração de catadores
Ampliar
Vereador Izídio de Brito (PT) defende remuneração de catadores
Vereador Izídio de Brito (PT) defende remuneração de catadores

A mesa diretoria da Câmara, por iniciativa do vereador Izídio (PT), convidou o secretário municipal de parcerias, Roberto Juliano, para explicar, nesta quinta-feira, dia 18, às 13h, questões relacionadas à coleta e destinação do lixo em Sorocaba.

Um dos temas deverá ser um projeto de lei apresentado por Izídio em 2009 (PL 196/2009), que prevê a remuneração dos catadores de materiais recicláveis, pela prefeitura, nos mesmos valores hoje pagos a uma empresa particular para coletar o lixo comum (R$ 103 por tonelada recolhida e despejada no aterro).

"A prefeitura não vai gastar nenhum centavo a mais para ampliar e disciplinar a coleta seletiva. E ainda vai gerar renda para os catadores organizados em cooperativas", afirma o vereador.

Outra questão a ser esclarecida por Juliano aos vereadores é as providências que a Prefeitura vem tomando para encontrar outro aterro sanitário, visto que o atual, no Retiro São João, deverá ser encerrado em agosto deste ano, por ordem da Cetesb.

Izídio também pretende questionar o secretário Juliano sobre a coleta e o tratamento do lixo hospitalar na cidade.

 

Outros secretários

Além de Juliano, deverão comparecer à Câmara na tarde desta quinta os secretários Anderson Santos (Cultura) e José Milton da Costa (Segurança Comunitária). Eles vão prestar esclarecimentos sobre consumo de álcool por adolescentes e brigas durante evento da prefeitura, no último dia 7, no Parque dos Espanhóis.

Voltar