Estudantes da União Estadual Estudantil (UEE) apoiam a Comissão Municipal da Verdade

Segunda-feira, 17 de Março de 2014 - Última alteração em 17/03/2014 às 00:00
fonte:  Imprensa SMetal
Foguinho/ SMetal
Vitor Quarenta, secretário geral da UEE e coordenador da Comissão da Verdade
Vitor Quarenta, secretário geral da UEE e coordenador da Comissão da Verdade
Ampliar
Vitor Quarenta, secretário geral da UEE e coordenador da Comissão da Verdade
Vitor Quarenta, secretário geral da UEE e coordenador da Comissão da Verdade

O coordenador da Comissão da Verdade Alexandre Vannucchi Leme da UEE (União Estadual dos Estudantes) de São Paulo, Vitor Quarenta, esteve presente na manhã desta segunda-feira, dia 17, no Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal).

Antes, ele conversou com assessores de parlamentares petistas da cidade sobre as atividades desenvolvidas pela comissão neste ano e abordou a necessidade desses debates que vem ocorrendo em todo o país sobre a verdade, memória e justiça, tendo como base o período de enfrentamento na sociedade durante a ditadura civil e militar.

"Criada no ano passado, a comissão da UEE tem como objetivo trazer à tona a memória da entidade na construção das narrativas de enfrentamento do movimento estudantil", conta Quarenta, que ressaltou seu apoio à criação da Comissão Municipal da Verdade, em Sorocaba.

Entre as atividades está sendo programada uma Caravana de Debates nas universidades do Estado de São Paulo, a partir de abril. "Em Piracicaba, estaremos na Unimep, com o apoio da Câmara Municipal, para fazer uma discussão sobre o tema e também aproveitar a oportunidade para solicitar a mudança do nome da avenida 31 de Março da cidade", explica.

Para ele, um dos destaques da Comissão Nacional da Verdade é a investigação de empresas que contribuíram com a ditadura no Brasil. "Tem empresas estrangeiras que chegaram no Brasil e patrocinaram uma série de equipamentos de tortura para os governos dos generais", comenta sobre o caso da Firestone citado em estudos de pesquisadores da comissão.

As ações da comissão da UEE contam com o apoio do movimento estudantil Levante Popular da Juventude.

Comentários

Voltar