Diagnóstico de aliado

Dr. Jacob é comprometido com o tucano até a medula óssea
Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010
por  Ademilson Terto da Silva
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região
Foguinho/Imprensa Smetal
Diagnóstico de aliado
Diagnóstico de aliado
Ampliar
Diagnóstico de aliado
Diagnóstico de aliado

O candidato José Serra pode, sim, reclamar do desconforto do confronto entre militantes do PT e PSDB em Campo Grande, no Rio de Janeiro, na última terça.

Mas ele não poderia, como fez, dizer que passou mal devido a um "objeto pesado" (uma bolinha de papel, como pode se perceber pela leveza com que ela quicou ao tocar a careca do candidato) que o atingiu na cabeça.

Não fosse o registro providencial do cinegrafista Jorge Wilson, do SBT, a artimanha poderia até sensibilizar alguns eleitores, o que lhe renderia alguns votos. Mas o registro cinematográfico o transformou no Rojas desta campanha eleitoral.

Pior ainda foi ele procurar o médico Jacob Kligerman, que o diagnosticou com tonteiras e náuseas.

O doutor Jacob é ex-secretário de saúde do Rio de Janeiro na gestão do ex-prefeito Cesar Maia, o dono DEM naquele estado e aliado fidelíssimo dos tucanos.

Se a queixa de Serra já dava pouca credibilidade ao eleitor, a imagem do papel e o comprometimento partidário do doutor Jacob suplantam qualquer intenção de Serra crescer nas pesquisas com o factóide.

Voltar